terça-feira, 9 de agosto de 2011

DITONGO CRESCENTE e DECRESCENTE

Analise as seguintes proposições:

1 - médio, mandioca, calvície e níveo;
2 - coelho, goela, nódoa, viu;
3 - áureo, níveo, fui, partiu;
4 - linguiça, miúdo, jeito, foice.

Das opções abaixo, qual a única verdadeira?

a) ( ) a proposição 1 tem somente um ditongo decrescente;
b) ( ) a proposição 2 tem dois ditongos crescentes e dois decrescentes;
c) ( ) a proposição 3 tem dois ditongos crescentes e dois decrescentes;
d) ( ) a proposição 4 tem três ditongos decrescentes.

Resposta: Vamos primeiro à classificação das palavras:

1 - médio (ditongo crescente), mandioca (ditongo crescente), calvície (ditongo crescente) e níveo (ditongo crescente);
2 - coelho (ditongo crescente), goela (ditongo crescente), nódoa (ditongo crescente), viu (ditongo decrescente);
3 - áureo (ditongo crescente), níveo (ditongo crescente), fui (ditongo decrescente), partiu (ditongo decrescente);
4 - linguiça (ditongo crescente), miúdo (ditongo crescente ou hiato), jeito (ditongo decrescente), foice (ditongo decrescente).

Analisando as quatro proposições, vemos que a opção "c" é a única verdadeira.

* Quando há "semivogal + vogal" numa mesma sílaba, então temos o ditongo crescente. Quando há "vogal + semivogal", temos o ditongo decrescente.

* As semivogais são "i" e "u". Ocasionalmente, "e" e "o" funcionam como semivogais.

* As semivogais "i" e "u" são assilábicas (sempre). É por isto que em "viu", o "i" não é semivogal, visto ser silábica, ou seja, é pronunciada com maior tonicidade, o que faz da palavra um ditongo decrescente e não crescente. O mesmo fenômeno é presenciado em "fui", sendo que o "u" não é semivogal, por ser tônico.

* Em "níveo" e "coelho", não temos a presença das semivogais "i" e "u". No caso, "e" (em "níveo") e "o" (em "coelho") funcionam como semivogais. Aqui, não é necessário observar a tonicidade, de sorte que se elas antecedem a vogal, temos o encontro "semivogal + vogal", suficiente para classificar a palavra como ditongo crescente. Veja-se, para efeito de maior esclarecimento, a palavra "coelho", que registra o encontro de "o" e "e", ditos semivogais (em certos casos). Na palavra aqui retratada (coelho), somente o "o" funciona como semivogal, exatamente porque vem primeiro.

.

21 comentários:

  1. Detalhes muito importantes sobre ditongos. Obrigado pela ajuda.

    ResponderExcluir
  2. n comsegui emtemde podeia me ajudar emtendi eu emtendi mas n tudo mas obrigado mesmo ja deu pra mim sabe oq é decrecente e crecente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, em breve falarei mais sobre este tema.

      Excluir
    2. Crecente ne e decrecente,q eu saiba é decrescente e crescente

      Excluir
    3. ops n consigue entende uma coisa aki no meu dever como eu vo saber se e ditongo crescente ou decrescente pq olha vogais a e i o u e semivogais u e i na palavra circuito tem u e tmb contem i como vo saber ser e ditongo crescente ou decrescente me ajudem por favor tenho 30 minutos pra fazer isso!

      Excluir
  3. Ô anônimo...Pra mim saber é ótimo, rsrs. RESPOSTA CERTA: Pra eu saber.
    Se liga no português correto!

    ResponderExcluir
  4. ouuu melhor..... consegui com M e entende tbm com M..... mais uma vezz... hauahuha entendi tbm com M.. que burrroooo da 0 p ele

    ResponderExcluir
  5. eu ñ enteende me explica melhor

    ResponderExcluir
  6. tá de curtição,né!?

    ResponderExcluir
  7. eu gostei muito e me ajudou com uma liçao da escola obgd

    ResponderExcluir
  8. "Coelho" é hiato. Assim: co-e-lho.

    ResponderExcluir
  9. gente oque e ditongo oral cresente e decresente porfavor S2 mim digam e mim explique direito presiso de uma prova amanhã dia 19/03/2013

    ResponderExcluir
  10. bans eu naum sei nem o que é isso!!!!kkk

    ResponderExcluir
  11. Na número 2 ele diz que GOELA é ditongo crescente, mas a palavra GOELA é um hiato.
    Separação: GO-E-LA.

    ResponderExcluir
  12. Ditongo é o encontro vocálico, numa única sílaba, de uma semivogal + vogal (ditongo crescente) ou vogal + semivogal (ditongo decrescente).

    Ao estudar os ditongos, consideramos:
    vogais: os sons /a/, /e/, /o/ semivogais: os sons: /i/ /u/

    Assim, os encontros vocálicos formados por semivogal + vogal constituem os ditongos crescentes (ia, ua, etc); os constituídos por vogal + semivogal são os decrescentes: (ai, ei etc).

    ResponderExcluir
  13. EU ADOREI AS DICAS OBRIGADO

    ResponderExcluir