terça-feira, 8 de março de 2011

"VOU À BAHIA" OU "VOU A BAHIA"? "VOU À FORTALEZA" OU "VOU A FORTALEZA"?

Qual a única alternativa que não apresenta erro em relação ao emprego da crase?

a) ( ) Vou a Fortaleza, a Bahia, a Roma e a Curitiba.
b) ( ) Vou à Fortaleza, à Bahia, à Roma e à Curitiba.
c) ( ) Vou a Fortaleza, a Bahia, à Roma e à Curitiba.
d) ( ) Vou a Fortaleza, à Bahia, a Roma e a Curitiba.
e) ( ) Vou à Fortaleza, a Bahia, a Roma e a Curitiba.

RESPOSTA: A opção "d" é a única que não apresenta nenhum erro. Para que ocorra a crase é necessário haver a contração do artigo com a preposição. Esta, por sua vez, aparece quando o verbo é transitivo indireto ou bitransitivo.

No caso em questão, a preposição aparece diante das quatro palavras porque o verbo "ir (=vou) pede a referida preposição.

Já o artigo somente é encontrado à frente da palavra "Bahia", daí o porquê da existência da crase.

Para saber se há a presença do artigo, basta usar o verbo "vir" em vez do verbo "ir" (ou qualquer outro verbo). Deste modo, digo:

* "Venho de Fortaleza, da Bahia, de Roma e de Curitiba."

Observe que somente diante da palavra "Bahia" temos "da", ao passo que diante das demais temos "de". Como sabemos, "de + a = da", ou seja, "preposição + artigo = crase". Logo, onde for possível escrever somente "de" não se usa a crase, como ocorre em "Venho de Curitiba" e não "Venho da Curitiba".

A crase somente seria obrigatória se os substantivos em questão viessem determinados, como nos seguintes exemplos:

* "Vou à Fortaleza dos mares, à Bahia, à Roma dos Césares e à Curitiba bela."

.

11 comentários:

  1. Muito simples e prático. Os professores do passado colocavam o ensino da língua portuguesa como um bicho de sete cabeças para apavorar os alunos e mostrar que eles eram os bam,bam,bam.

    ResponderExcluir
  2. Adorei a explicação, perfeita, esclareceu bastante minha dúvida.
    Gostaria de entra em contato com voce, tenho um blog que bordar basicamente ortografia, gostaria que conhecesse.

    ResponderExcluir
  3. Se possivel entre em contato comigo, quem, sabe não firmamos uma boa parceria.
    comoescreve@live.com ou blogandonoticias@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. Se vou "à" e volto "da", crase há. Se vou "a" e volto "de", crase para quê?

    ResponderExcluir
  5. é correto falar: fui à Fortaleza ou fui pra Fortaleza?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Rita, o correto é "Fui a Fortaleza", sem crase. A crase é exigida somente se "Fortaleza" vier adjetivada, exemplo: "Fui à Fortaleza bela".

      Excluir
  6. o correto é falar: "vou a joão pessoa" ou "vou à joão pessoa"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Vou a João Pessoa", sem crase. Um método fácil de verificar o emprego ou não da crase, basta usar o verbo vir. Observe que se diz "Venho de João Pessoa" e não "Venho da João Pessoa". Logo, se uso "venho de", não uso crase, ao contrário de "venho da", que exige a crase. Entretanto, devo usar "Vou à João Pessoa dos paraibanos", dada a determinação em questão.

      Excluir
  7. Qual frase é a correta:
    Estou indo para Bahia ou estou indo pra Bahia.

    ResponderExcluir
  8. O correto é?
    Estou indo para á Bahia
    Estou indo pra Bahia

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir