sexta-feira, 9 de março de 2012

DEVENDO SER ou DEVENDO SEREM

Analise as seguintes proposições:

I - As testemunhas serão ouvidas, devendo ser mantidos os réus ausentes do recinto.

II - As testemunhas serão ouvidas, devendo serem mantidos os réus ausentes do recinto.

IIII - As testemunhas serão ouvidas, devendo ser mantido os réus ausentes do recinto.

Sobre o emprego de devendo ser(em) mantido(s), é correto afirmar:

a) ( ) A proposição I é a única correta.
b) ( ) A proposição II é a única correta.
c) ( ) A proposição III é a única correta.
d) ( ) Há duas proposições corretas.
e) ( ) As três proposições estão corretas.

Resposta:

Trata-se de uma locução verbal, e como tal, o verbo principal não é flexionado. “Devendo ser” é formado por um auxiliar modal (dever) e um verbo principal (ser), embora este tenha sido popularizado como um dos principais verbos auxiliares (ao lado de estar, ter e haver).

É importante observar que é o verbo principal que dá sentido à expressão verbal. Assim, em “Ele vai fazer uma prova hoje”, o verbo “fazer” (principal) é indispensável à cognição, ao sentido da frase ou do que de fato se quer dizer. 

Retiremos o verbo auxiliar (ir) e podemos ter o seguinte texto: “Ele fará uma prova hoje”.

Observe que, retirando-se o auxiliar, mas mantendo o principal, o sentido permanece. Porém, fazendo o inverso, temos uma construção sem sentido, incompleta: “Ele vai concurso hoje”. Assim, para se saber com exatidão quem é o principal, é só atentar para o que acabamos de recomendar.

Vamos, agora, descobrir quem é o verbo principal na locução verbal “devendo ser” em “As testemunhas serão ouvidas, devendo ser mantidos os réus ausentes do recinto”.

Primeiramente vamos manter o verbo “dever” e retirar o “ser”: “As testemunhas serão ouvidas, devendo mantidos os réus ausentes do recinto”.

Vamos, agora, fazer o inverso: excluir o verbo “dever” e manter o verbo “ser”: “As testemunhas serão ouvidas, e serão mantidos os réus ausentes do recinto”.

Nota-se, pois, que “dever” é o verbo auxiliar, ao passo que “ser”, o principal. Pois bem: diz-nos a regra que, numa locução verbal, o verbo principal nunca é flexionado, sendo que o mesmo se apresenta no gerúndio, particípio ou no infinitivo. Como “ser” é o verbo principal, jamais ele pode ser flexionado, o que impossibilita a construção “devendo serem”, assim como “podendo serem”. O certo é escrever sempre “devendo ser” e “podendo ser”.

Com relação a “mantidos” ou “mantido”, tal particípio concorda com o sujeito relacionado, no caso “réus”(no plural). Assim, a frase também ficaria correta deste modo:

“As testemunhas serão ouvidas, devendo os réus ser mantidos ausentes do recinto”.

A opção “a” é a única verdadeira.
.

14 comentários:

  1. Qual é a resposta certa, então?

    ResponderExcluir
  2. Por que vc disse: "assim, a frase também ficaria correta deste modo" ? A frase também ficaria correta de outro modo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu quis apenas destacar que são lícitas as seguintes construções: "devendo os réus ser mantidos" e "devendo ser mantidos os réus". Ou seja, sempre "devendo ser", ainda que ambos os verbos estejam separados por outro termo.

      Excluir
  3. Minha dúvida:

    Convidamos a todos para serem destaque no próximo programa
    ou
    Convidamos a todos para ser destaque no próximo programa

    ResponderExcluir
  4. Claro e objetivo...sanou minha dúvida...obrigado!!!

    ResponderExcluir
  5. Os candidatos ao Conselho Deliberativo deverão ser sócios efetivos.
    Dúvida: a palavra deverão apenas é uma recomendação ou o sentido de obrigatoriedade.
    Aguardo resposta e agradeço.

    ResponderExcluir
  6. você poderia colocar as respostas para todos verem, já que muitas perguntas e dúvidas são comuns para muitos. obrigada.

    ResponderExcluir
  7. Não é pelo fato desta página dedicar

    ResponderExcluir
  8. na frase o nosso papel é ser...ou é sermos as paginas... e quando é usado "nos faz"

    ResponderExcluir
  9. E quando em uma frase vem com " é ser" ou "nos faz"
    EX:O nosso papel É SER as paginas em branco...
    Acreditamos que essa busca NOS FAZ crescer e aprimorar ossa missão.

    ResponderExcluir